fbpx
Projetos e ações

Iniciativas educacionais

Os projetos desenvolvidos pelo Educativo criam novas relações entre o Memorial e seus públicos. As ações trabalham a cidadania e as identidades, propõem novas interpretações do patrimônio cultural e estabelecem diálogos entre o museu e a sociedade.

Conheça, abaixo, as principais iniciativas educacionais do Memorial.

Novos Pesquisadores

O projeto Novos Pesquisadores transforma teses e dissertações que se relacionam com os temas e o acervo do Memorial em exposições exibidas no museu. São pesquisas acadêmicas desenvolvidas nas faculdades de História, Ciências Sociais, Educação, Antropologia, Letras, Filosofia, Geografia, Museologia, Artes, Arquitetura e Turismo.

A concepção das mostras é dos próprios autores, junto ao Educativo e a um curador convidado. As exposições apresentam materiais colhidos durante o processo de pesquisa como objetos, depoimentos, fotos e vídeos.

Além de ampliar o acesso ao conhecimento gerado nas universidades, a mostra propõe um novo olhar sobre ele. Desde 2019, o Memorial já realizou as seguintes exposições:

 

  • Ngomas: Saravanu Tambu, por Rivaldo Felix.
    Exposição sobre as famílias Ngomas dos candombes mineiros. O ngoma é um tambor que remonta às tradições afro-brasileiras.
    Link: http://memorialvale.com.br/virtual/ngomas/

 

 

  • Bordado em Memórias, por Isabella Brandão.
    Exposição sobre a relação do bordado com a educação feminina na Belo Horizonte dos anos 40 a 60.

 

  • Vozes Atlânticas, por Thaís Tanure.
    Exposição sobre a história de dois africanos escravizados, trazidos para o Brasil e perseguidos pela Inquisição no século 18.

 

Memorial para bebês

O Educativo realiza, uma vez por mês, jornadas de exploração dos espaços do Memorial para bebês e suas famílias. A ação propõe experiências sensoriais às crianças nos ambientes do museu, conectando cheiros, sonoridades e texturas dos objetos expostos à história de Minas Gerais.

 

Férias divertidas

Que tal curtir as férias no Memorial? Em janeiro e julho, educadores do museu e artistas de várias linguagens oferecem oficinas temáticas para todas as idades. Os temas são diversos: origami, desenho, mangá,  brinquedos de papelão, música e muitos outros.

 

Educativo Aberto

O Educativo Aberto é um programa de estágio inovador no qual o estudante é que define o seu percurso de trabalho e aprendizado. E o melhor: com propósito.

Criado em 2019, destina-se a estudantes de graduação que desejam criar e executar projetos relacionados aos temas e ao acervo do museu e tenham como público-alvo escolas, ONGs e instituições sociais de Belo Horizonte.

A seleção é feita com base nas propostas inscritas pelos graduandos. Os selecionados colocam suas ideias em prática no museu, com o apoio da equipe do Educativo.

Dessa forma, o Educativo Aberto conecta as universidades e o Memorial, a fim de  proporcionar experiências inéditas para os estudantes e para o público.

 

Memorial itinerante

As mostras itinerantes levam recortes expositivos e temáticos do acervo do Memorial às cidades mineiras, com visitação gratuita. As itinerâncias democratizam e ampliam o acesso dos públicos ao museu.

Junto às mostras são realizados encontros de formação com educadores, professores e agentes culturais locais para a discussão de diversos temas.

Africanidades

Desde 2015, a mostra itinerante Africanidades já circulou por nove cidades do interior de Minas Gerais. A exposição reúne painéis, vídeos e peças do acervo do Memorial que se relacionam com a negritude e as questões étnico-raciais.

Mineiridades

A mostra itinerante Mineiridades explora as identidades do “ser mineiro”. A exposição reúne objetos e materiais baseados nas salas Barroco Mineiro, Fazenda Mineira, Caminhos e Descaminhos e Vale do Jequitinhonha.

Por onde passa, a mostra integra elementos da história e das tradições dos municípios, valorizando a cultura local. Desde 2016, a itinerância já visitou 12 cidades mineiras.

 

Encontro entre educadores

Mensalmente, o Memorial realiza encontros com educadores e profissionais de áreas afins interessados em conhecer o trabalho educacional desenvolvido no museu.

São momentos para exploração conjunta do acervo e discussão sobre as relações entre cultura, escola e museu. O objetivo é a troca de experiências e a proposição de novos diálogos entre o Memorial e a comunidade escolar.

Praça da Liberdade, 640,
esquina com Rua Gonçalves Dias
Belo Horizonte – Minas Gerais – Brasil
30140-010 – (31) 3308-4000

Entrada gratuita

Horário de funcionamento

Temporariamente fechado

Agendamento de visitas

Para mais informações ligue (31) 3343-7317