Entramos nesta casa com a Bandeira na frente

Entramos nesta casa com a Bandeira na frente

meu corpo se deita na terra
e move os braços como se fizesse anjinhos barrocos
para coroar Ifigênia.
uma pomba cristiana brinca no alto do mastro e, em línguas de fogo,
me benfazeja e alumia.
no fundo da paisagem, os sinos dobram-brincam-lamentam.
eu não sei latim, mas entendo que é chegada a hora.
nascer em Minas é como acolher nas juntas a epifania dos santos
o sobrenatural no que cabe entre o dia e a noite
e de repente perceber que, às vezes
é preciso transpor as montanhas e rabiscar as linhas das mãos
para brotar rearranjos.
retiro os metais pesados do plexo, alço voo.
encontro no mar aberto o milagre do espelho.

Bárbara Mançanares

Registrada como Patrimônio Imaterial do município de Ouro Preto, em 2014, a Festa do Divino Espírito Santo realizada em São Bartolomeu representa traços de herança histórica preservada, representada e modificada através das vivências cotidianas. Esse trabalho analisa a Festa como cultura, patrimônio e museu a céu aberto de São Bartolomeu,pautado nas categorias de potencialidade, criação e valor que compõe o evento.

Bárbara Pereira Mançanares. Agosto de 2014.
Festa e Devoção


Festa e Devoção

O Tempo do Divino


Tempo do Divino

Um Museu Imaginado


Museu Imaginado